Fechar [X]

César Gouvêa

Cizar Parker


Palhaço há 20 anos, estudou a arte do palhaço com mestres como Leo Bassi (Itália), Chacovachi (Argentina) e Tortel Poltrona (Espanha).

Formado pela Escola de Arte Dramática (EAD/ECA-USP), trabalhou com os diretores: Tiche Viana, Luis Damasceno, Celso Frateschi, Wellington Nogueira, Regina Galdino, Maura Baioch, Léo Lama, Márcio Araújo, Gustavo Machado, entre outros.

Foi integrante do grupo Doutores da Alegria durante nove anos, levando a arte do palhaço para crianças hospitalizadas e participando do documentário “DOUTORES DA ALEGRIA – O FILME”.

Trabalhou por cinco anos com Cristiane Paoli Quito, que o dirigiu no espetáculo “A BANDA”, pelo qual foi premiado como melhor ator no Festival de Rezende (RJ), Novo Hamburgo, APCA e Coca-Cola.

Foi campeão no Mundial de Match de Improvisação, realizado em Bogotá (Colômbia), em 2008.

Na televisão foi um dos integrantes do programa “É Tudo Improviso” da TV Bandeirantes.

Dentro da Cia do Quintal no qual é diretor Artístico, tem em seu repertório :

• “In Memorian” espetáculo solo dirigido por Rhena Faria que estreou
   na Colômbia.
• "Passageiros - uma experiência teatral com o roteiro da sua vida”-
   espetáculo com parceria da companhia Accion Impro da Colômbia,
   onde atua e dirige juntamente com Gustavo Miranda.
• “Histórias Descubiertas – Onde o passado pode ser reinventado” –
   Espetáculo de sua direção com a companhia Impronta do Uruguai.
• “Tabuleiro 13” – criado em parceria com Jorge Rueda, da companhia
  Impromadrid,da Espanha.
• “O Mágico de Nós” –
   criador, diretor e ator.
• " A Rainha Procura ..." - argumento e direção geral.
• “Jogando no Quintal - Jogo de improvisação de Palhaços”, em cartaz
   em São Paulo há 11 anos e que já foi visto por mais de 300.000 pessoas
    – criador,diretor, palhaço-improvisador e árbitro.

Fechar [X]

Igor Canova

Trillo


Iniciou sua pesquisa de palhaço e improvisação em 2010 no próprio Quintal de Criação, onde estudou com todo o elenco da Cia. do Quintal e com mestres de outras companhias nacionais e internacionais como: Bete Dorgam, Ésio Magalhães, Fernando Sampaio, Mario Escobar, Omar Galván, Frank Totino, Gustavo Miranda, Omar Medina, Jose Luis Saldanã, entre outros.

Aprofundou-se em mímica e teatro físico no Estúdio Luis Louis, onde além do próprio Luis Louis, estudou também com Fernando Vieira, Eduardo Coutinho, Mauro Zanatta, Gabriel Guimard e Miqueias Paz. Fora de lá também estudou dança, teatro físico e máscaras com Samanta Roque, George Mann e Marcelo Savignone.

Atualmente é palhaço-atleta do espetáculo "Jogando no Quintal - Jogo de Improvisação de Palhaços"

Fechar [X]

Rhena de Faria

Mademoiselle Blanche


Participou de oficinas ministradas pelo Odin Teatret e seu diretor Eugênio Barba em sua sede em Holstebro - Dinamarca e pelos palhaços Leo Bassi, Ricardo Puccetti, Chacovachi e Léris Colombaioni, no Brasil.

Estudou Técnicas Circenses no Circo Escola Picadeiro, no Galpão do Circo, com o Grupo Acrobático Fratelli e com a Família Medeiros em diversos locais.

Possui diversos solos e alguns duos com Silvia Leblon (a palhaça Spirulina) entre eles o espetáculo de palhaças "Para Todas as Quedas", de sua autoria.

Como palhaça e improvisadora, participou de festivais no Chile, Colômbia, Peru e Argentina, sendo campeã no Mundial de Match de Improvisação realizado em Bogotá em 2008.

Dirigiu e roteirizou o solo "Sobre Tomates Tamancos e Tesouras", da palhaça Mafalda Mafalda, de Andréa Macera, estreando pelo SESI em 2009.

Atualmente dá aulas de Improvisação Teatral no Quintal de Criação e atua nos espetáculos da Cia. do Quintal "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços", "Caleidoscópio- um espetáculo de Improvisação Teatral" e "O Eterno Retorno".

Fechar [X]

Álvaro Lages

Pelanca


Músico desde 1994, e palhaço improvisador desde 1999, época em que começou a percorrer o país se apresentando na rua.

Estudou com Alberto Gaus, Frank Totino, Omar Galvan, Jose Luis Saldaña entre outros.

Já se apresentou em diversos países da Europa (França, Itália, Áustria e Eslovênia) e em festivais da América Latina (Chile, Peru e Colômbia).

Foi vencedor do III Festival de Cenas Cômicas dos Parlapatões.

É palhaço-músico do "Show de Variedades da Mesma Coisa", ao lado da palhaça Rubra (Lu Lopes).

Junto à Cia. do Quintal é assistente de direção de "Caleidoscópio - um espetáculo de Improvisação Teatral", e palhaço-músico do espetáculo "Jogando no Quintal- Jogo de Improvisação de Palhaços".

Fechar [X]

Vera Abbud

Emily


Trabalhou na Troupe de Atmosfera Nômade por cinco anos, sob direção geral de Cristiane Paoli Quito, encenando "Uma Rapsódia de Personagens Extravagantes", "O Rei de Copas", entre outros.

Integra a Cia. As Graças desde 1995, com a qual realizou doze montagens e foi contemplada por cinco vezes com a Lei Municipal de Fomento ao Teatro Para A Cidade de São Paulo, com o Projeto Circular Teatro.

Foi a primeira palhaça brasileira a integrar ao lado de Wellington Nogueira o grupo Doutores da Alegria, onde trabalha desde 1993.

Trabalhou no grupo Le Rire Medicin em Paris em 2005/2006.

Ao lado de Paola Musatti apresenta o espetáculo de palhaças "Pelo Cano", tendo conquistado vários prêmios em diversos festivais.

Dá aulas de Palhaço no Quintal de Criação e é palhaça-atleta do "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços."

Fechar [X]

Eugênio La Salvia

Manjericão


É ator formado pela Escola de Arte Dramática (EAD/ECA-USP) e músico formado pela Universidade Livre de Música (ULM) em flauta transversal e violão popular e pós - graduado (Lato Sensu) em Musicoterapia pela FMU.

Foi integrante do grupo Doutores da Alegria, levando a arte do palhaço a crianças hospitalizadas.

Como ator trabalhou com Gianni Rato, José Rubens Siqueira, Elias Andreatto, Celso Frateschi, José Possi Neto.

Como palhaço atuou no espetáculo "A Banda", de Cristiane Paoli Quito, "Gigantes de Ar", da Pia Fraus Teatro e "Reprise", do grupo La Minima.

Ao Lado de Luciana Lopes (a palhaça Rubra) e Marco Gonçalves (o palhaço Fonseca), integra a Banda Gigante - Excêntricos Musicais, que ao final de 2007 lançou seu primeiro cd, produzido por Arto Lindsay, pelo selo Palavra Cantada.

É palhaço-atleta e músico do espetáculo "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços".

Fechar [X]

Cláudio Tebas

Olímpio


Publicitário de formação, iniciou sua pesquisa de palhaço com o LUME em 1995, e estudou com mestres como Silvia Leblon, Leo Bassi e Tortell Poltrona. Em 1998 foi indicado ao Prêmio Coca-Cola de melhor ator.

É escritor premiado e com mais de 300.000 livros vendidos em todo Brasil, entre eles "O Livro do Palhaço" (Cia. das Letrinhas), resultado de extensa pesquisa sobre a linguagem. Seu livro "Amigos do Peito" foi musicado por André Bedurê e Carlos Ranoya e o cd teve a participação de nomes consagrados da MPB, como Zeca Baleiro, Chico Cesar e Rita Ribeiro. Este trabalho recebeu o Prêmio Coca-Cola de melhor música em 1998, sendo posteriormente adaptado em Lisboa-Portugal.

Durante três anos Claudio Thebas foi integrante da comissão julgadora do Prêmio Talentos da Maturidade - categoria contadores de histórias, tornando-se no último ano, presidente desta comissão.

Desde 2000 atua como consultor no universo corporativo realizando eventos, espetáculos e treinamentos - experiência que será relatada em seu novo livro.

É palhaço-atleta do espetáculo "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços" e integrante do corpo de professores do Quintal de Criação.

Fechar [X]

Dênis Goyos

Fritz


Dênis Goyos formou-se ator pelo TEATRO-ESCOLA CÉLIA HELENA em 1995 na cidade de São Paulo. Também possui formação na linguagem do clown sendo aluno de grandes artistas formadores no Brasil e no exterior, tais como Giovanni Forest em Torino, Léo Bassi, em Madri, Philippe Gaulier em Paris, Cristiane Paoli-Quito, e Bete Dorgam em São Paulo, dentre outros.

É ator na Cia. do Quintal, dirigida por César Gouvea, onde atua em dois espetáculos de seu repertório: JOGANDO NO QUINTAL, espetáculo de palhaços improvisadores, e em A RAINHA PROCURA..., espetáculo infantil que também trabalha com a linguagem do palhaço. É manipulador de bonecos na Cia. Imago, especializada em teatro negro, atua no vasto repertório de espetáculos infantis, entre eles PEDRO E O LOBO, a Cia Imago tem a direção cênica de Fernando Anhê e direção musical do maestro Jamil Maluf. Frequentemente ministra oficinas de palhaço na CASA DO HUMOR, que tem a coordenação artística de Márcio Ballas.

Outros trabalhos recentes no teatro: FORA DO BUMBO, em junho de 2012, espetáculo infantil vencedor do 16° CULTURA INGLESA FESTIVAL inspirado na obra de Edward Lear, dirigido e escrito por Cíntia Alves; A HISTÓRIA DO SOLDADO em outubro de 2011, espetáculo adaptado da obra de Igor Stravisnky e Charles-Ferdinand Ramuz, com direção musical e regência de Maury Buchala e adaptação de texto e concepção cênica de Marcelo Romagnoli.

Em 2011 foi arte-educador nos PROJETOS ESPECIAIS das OFICINAS CULTURAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO, dando cursos de JOGOS TEATRAIS para deficientes intelectuais na PROMOVE - INCLUSÃO SOCIAL e para pacientes psiquiátricos no CAPS ITAQUERA.

Também em 2011, participou do experimento teatral O AMOR DAS TRÊS LARANJAS – OU KD VOCÊ? com a CIA. DRAMÁTICA E ABSURDA CONFRARIA, dirigido por Bete Dorgam.

No período entre 2006 a 2008, integrou o elenco de ZONA DE GUERRA, com direção de André Garolli que, em 2006, ganhou o Prêmio APCA como melhor espetáculo.

Pela CIA. ÓPERA DE RISCO atou nas peças: O CHÁ DE ALICE, espetáculo clown em 2002; IL MONDO DELLA LUNA, ópera de Joseph Haydn e libreto de Carlo Goldoni, em 2001; BASTIEN & BASTIENNE, singspiel de Mozart, em 1999 e LA SERVA PADRONA, ópera bufa de J. B. Pergolesi, em 1998. Estes espetáculos tiveram a direção cênica de Bete Dorgam e a direção musical do maestro Emiliano Patarra.

Outros espetáculos teatrais dos quais participou destacam-se: O ASSASSINATO DO ANÃO DO CARALHO GRANDE, de Plínio Marcos com a direção de Marco Antônio Rodrigues (Prêmio Mambembe de Teatro 1997 - melhor peça e direção); EXERCÍCIO PARA ANTÍGONA (Jornada SESC de Teatro/1997) e em LULU A CAIXA DE PANDORA de Frank Wedekind, em 1996, sob a direção de Sérgio Ferrara.

Na TV Cultura participou da série SENTA QUE LÁ VEM COMÉDIA com a peça ESTE OVO É UM GALAO de Lauro César Muniz com a direção de Bete Dorgam. No programa DIREÇÕES, em 2008, atuou em UMA ESCADA PARA A LUA, também dirigido por Bete Dorgam e, em 2007, numa adaptação para a TV da peça ZONA DE GUERRA sob a direção de André Garolli.

Fechar [X]

Davi Taiu

Daduvida


Ator cursou a Escola de Arte Dramática da USP (1986).

Desde 2008 integra o elenco de atores dos Doutores da Alegria e Trabalhou como ator com os diretores Gabriel Villela (Aurora da Minha Vida, Vem Buscar-me Que Ainda Sou Teu , O Concílio Do Amor, Ventania) Emilio de Melo (O mendigo e o Cachorro Morto), Ulysses Cruz (O Despertar Da Primavera),(O Melhor do Homem) Cristiane Paoli Quito (Circotrilho), Angelo Brandini (O Bobo do Rei e O Príncipe da Dinamarca - Premio FEMSA 2011 Melhor Ator Coadjuvante), João Falcão (A Ver Estrelas), Mauro Rasi (Pérola), Paulo Autran (Seis Personagens A Procura De Um Autor).

Como diretor trabalhou nos espetáculos "Y Si Yo No Fuera Un Gato" – na Espanha. "A Porta De Poe!” e “Fantasmas do tempo” com o Grupo Caixa de Imagens. “Ares do oriente” – teatro pé na viela de André Pereira. Com parte do elenco dos Doutores da Alegria participou da Expedição Lãs Cabaças realizando apresentações palhacescas pelo interior do Maranhão. Foi assistente de direção de Léris Colombaione no espetáculo "Como Saber?" do grupo As Graças.

Fechar [X]

Allan Benatti

Chabilson


Em sua pesquisa de palhaço foi aluno de Leo Bassi, Cristiane Paoli Quito, Bete Dorgam, Chacovachi, entre outros. Na improvisação, além de fazer intercâmbio com diversos grupos internacionais, estudou com Ricardo Behrens, Omar Argentino e Marcelo Savignone.

Participou de diversas montagens, dentre as quais, pode-se destacar:

"O Assassinato do Anão do C... Grande" (direção de Marco Antônio Rodrigues), "O Auto da Compadecida" (direção de Sebastião Apolônio) e "O Chá de Alice" (direção de Bete Dorgam).

Foi campeão no Mundial de Match de Improvisação realizado em Bogotá (Colômbia), em 2008.

Em parceria com improvisador chileno Mario Escobar criou o grupo Bassusseder, desenvolvendo pesquisa que culminou no espetáculo "Agora".

Atualmente dá aulas de Improvisação Teatral no Quintal de Criação e atua nos espetáculos da Cia. do Quintal: "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços", "Los Kamaradas" e "Caleidoscópio- um espetáculo de Improvisação Teatral".

Fechar [X]

Caio Juliano

Caviar


Caio Juliano é músico, compositor de trilhas e ator. Nascido em Porto Alegre, é radicado em São Paulo desde 2006.

É fundador e baterista do espetáculo de música francesa “Suite” e do espetáculo performático Berlam e Banda Larga. Em 2011 dirigiu o show “Clara Nunes - Canto das três raças 35 anos” á frente do Mestizo Coletivo.

Esteve envolvido em diversos projetos teatrais nesse período como as peças “Graças a Deus”, “Origem do Samba” do Grupo Bolinho, “Ópera de Sabão” do Ivo 60, e diversos trabalhos como ator para publicidade.

Fechar [X]

Gabriella Argento

Du Porto


Formou-se em 1995 pelo Teatro-Escola Celia Helena.

É atriz de teatro físico e palhaça.

Estudou com os mais conceituados profissionais da área como Phillipe Gaulier, Cristiane Paoli Quito, Bete Dorgam, Leris Colombaioni, entre outros.

Entre 2000 e 2004 integrou o grupo Doutores da Alegria, levando a arte do palhaço a crianças hospitalizadas e também a Cia Ópera de Risco.

Integrou por três anos o elenco de "KA", espetáculo do Cirque Du Soleil, dirigido por Robert LePage.

Como arte educadora teve a oportunidade de trabalhar com os mais variados grupos, além de participar, desde 2000, de concertos didáticos junto à Orquestra Jovem Municipal de São Paulo, Orquestra de Santos e outras.

Em 2008 produziu e atuou no espetáculo The Way Out, em Las Vegas.

De volta ao Brasil participou do projeto Direções, na TV Cultura e integrou o elenco de "Othelito", espetáculo infantil vencedor do prémio FEMSA.

Foi assistente de direção da Ópera "LaTraviata" produzida pelo Theatro São Pedro. Atualmente é palhaça-atleta do espetáculo "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços", dá aulas de palhaço no Quintal de Criação, ministra dinâmicas sobre a linguagem do palhaço em empresas e apresenta seus solos.

Fechar [X]

Paola Musatti

Manela


Formou-se na EAD- Escola de Arte Dramática – ECA/USP em 1997 e nas Artes Circenses no Circo Escola Picadeiro com o grupo Acrobático Fratelli.

Foi fundadora da Cia. Cênica Nau de Ícaros em 1992, com a qual trabalhou por quatro anos como palhaça. Trabalhou com diversos artistas, diretores e grupos, como:

Parlapatões, Pia Fraus, XPTO, Circo Zanni e Guto Lacaz.

Estudou a arte da palhaçaria com Leris Colombaioni, Avner Eisenberg, Ricardo Puccetti, Denise Namura entre outros.

Desde 1997 integra o grupo Doutores da Alegria, levando a arte do palhaço a crianças hospitalizadas.

Foi campeã no Mundial de Match de Improvisação realizado em Bogotá (Colômbia), em 2008.

Atualmente dá aulas de Palhaço no Quintal de Criação. Apresenta o espetáculo de palhaças "Pelo Cano", ao lado de Vera Abbud, tendo conquistado vários prêmios em diversos festivais, e nos espetáculos "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços" e "O Mágico de Nós – uma fábula Improvisada", todos da Cia. do Quintal.

Fechar [X]

Paulo Federal

Adão


Integra a Cia do Quintal desde 2002, iniciou sua carreira como palhaço em 1996, com um extenso treinamento nas ruas.

Trabalhou com Cristiane Paoli Quito e Gabriel Guimard com quem fundou a CIA MEGAMINI.

Foi integrante do trio Os Charles & Cia apresentando o "Sarau dos Charles" em vários pontos da cidade.

Foi professor na Casa do Teatro durante cinco anos.

É desenhista de estórias em quadrinhos e, na carreira solo do palhaço Adão, desenvolve um projeto de contação de estórias.

Em parceria com Danilo Dal Farra (palhaço Gastão) atua no espetáculo de rua "A rOda". É palhaço-atleta, árbitro e cenógrafo do espetáculo "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços".

Fechar [X]

Ernani Sanchez

Mindium


Formado em Teatro pela Universidade Anhembi Morumbi, é ator e diretor profissional desde 1999.

Atuou em diversos espetáculos como "Criminal" de Javier Daulte, "Um Circo de Rins e Fígados" - dirigido por Gerald Thomas e "A Mandrágora" - Grupo Tapa.

Como diretor coordena a Cia. A Liga Carrossel, com a qual dirigiu "Artaud Caligari ou Uma Sinfonia Sinestésica em Preto e Branco" e "O Aniversário", ambos de sua autoria. Dirigiu também os monólogos "Infância – O Cemitério de Brinquedos", de Milton Morales Filho, "Carina está Viva", de Paulo Santoro e "Mais uma Dose" de Ana Nero.

Acumulou passagens por cursos de Antunes Filho, Companhia do Latão e Teatro da Vertigem, entre outros.

Recebeu prêmio por Pesquisa de Linguagem – Festival Nacional de Campos dos Goytacazes 2006 (Artaud Caligari...). e prêmio de melhor ator no FENTEPP 2004 (Círculo de Giz Caucasiano).

É integrante do Teatro da Gioconda desde sua formação e também da Cia. do Quintal, atuando nos espetáculos: "Tabuleiro", "O Mágico de Nós – Uma Fábula Improvisada" e "Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços".

Twitter - @marcioballas Facebook - marcioballasfb Site - Marcio Ballas Twitter - @marco_goncalves Twitter - @eugeniolasalvia Facebook -Eugênio La Salvia Twitter - @nandocomendador www.comendadorporescrito.blogspot.com site - www.palhacarubra.com.br Twitter - @cesar_gouvea Facebook - cesargouveafb Twitter - @allanbenatti Facebook - allanbenatti

Rua Rumaica, 26 - Lapa - São Paulo - Tel (11) 3641-1277 / (11) 97553-3587 - e.mail: quintal@ciadoquintal.com.br